Bill Gates, da Microsoft, Jeff Bezos, da Amazon, Mark Zuckerberg, do Facebook, e um grupo de bilionários influentes da área de tecnologia estão investindo em duas startups de energia que podem resolver um dos maiores problemas das energias renováveis.

O grupo está investindo por meio de um fundo de US$ 1 bilhão, o Breakthrough Ventures (BEV), lançado em 2016, que inclui também Reid Hoffman, fundador do LinkedIn, Jack Ma, do Alibaba, e David Rubenstein, chairman do fundo de private equity Carlyle. Nesta terça-feira 12, o fundo anunciou seus dois primeiros investimentos na Form Energy e Quidnet Energy.

A tecnologia da Quidnet usa água para armazenar energia de maneira inovadora. Usando excesso de eletricidade, a Quidnet bombeia água para dentro de poços de petróleo e gás reaproveitados ou não utilizados em formações rochosas de xisto. Quando o líquido é bombeado, a água enche as fendas na rocha, criando pressão. Para gerar eletricidade, a Quidnet libera a água e a pressão acumulada é usada para movimentar turbinas e gerar eletricidade.

A Form Energy – que conta um professor do MIT e ex-engenheiro da Tesla entre seus líderes – está trabalhando no desenvolvimento de uma bateria supereficiente que pode armazenar grandes quantidades de energia por longos períodos de tempo.

Os custos das baterias são geralmente medidos por quanto custa armazenar um quilowatt-hora de energia. A Form Energy está desenvolvendo baterias que podem custar apenas US$ 10 por kWh – as baterias mais baratas hoje estão em torno de US$ 200 por kWh.

FONTE: Isto É Dinheiro

Send this to a friend